O Google me roubou!

A Revista Época de 13 de Julho de 2009, trouxe uma reportagem muito interessante cujo tema principal apesar do titulo não muito popular, pirataria, direitos autorais.

Na reportagem o escritor Mark Helprin que não tem trabalho fixo, e é um dos poucos romancistas americanos que vivem exclusivamente do dinheiro que recebem com a venda de seus livros.

Helprin se diz inconformado ao ver suas obras escaneadas pelo Google e colocadas na internet.

Em abril, lançou nos Estados Unidos um libelo em defesa do direito autoral: Digital barbarism (Barbarismo digital, inédito no Brasil).

Google é bom ou não?

Google é bom ou não?

Em maio, publicou no diário The Wall Street Journal um artigo atacando a flexibilização dos direitos autorais e o Creative Commons, movimento liderado pelo advogado Lawrence Lessig, da Universidade Stanford, que defende os benefícios econômicos da livre circulação de informações.

Para Helprin, deixar que os outros copiem qualquer conteúdo equivale a roubo.

O tema é forte, a final vai de encontro com uma das maiores empresas do mundo, a pirataria legal ou simplesmente a Internet.

Leia a entrevista na integra, e de sua opinião.