Como identificar e eliminar os causadores de lentidão no computador

Lentidão no PC?Muitos usuários reclamam que, com o passar do tempo, o desktop ou notebook que era muito rápido na realização das tarefas corriqueiras começa a funcionar cada vez mais lentamente.

O resultado disso é a perda de produtividade e, dependendo do tamanho do problema, a perca da paciência do usuário em questão.

Muitas podem ser as causas dessa lentidão. Enumeramos abaixo, as mais comuns e orientamos como devem ser contornadas.

Falta de espaço no disco ou HD fragmentado
Um disco rígido cheio – para o PC, um HD sem espaço é aquele que tem 20% ou menos de área livre – ou excessivamente fragmentado (a pior situação é aquela que combina esses dois problemas) responde pela maioria dos casos de lentidão do PC, principalmente em sistemas que têm pouca memória RAM.

Defragmentar o disco é a solução mais simples e aquela que deve ser feita em primeiro lugar. Para reorganizar o seu HD no Windows XP, clique em iniciar, Meu Computador e depois, com o botão direito do mouse no Drive C, selecione Propriedades. A seguir, selecione a aba Ferramentas e Desfragmentar agora.

Já o Vista, pelo menos em teoria, desfragmenta o disco rígido automaticamente. Se mesmo assim achar que essa possa ser a causa da lentidão do seu PC, utilize uma ferramenta de terceiros, como o MyDefrag, que faz um ótimo trabalho neste sentido.

Agora, se o HD está ficando cheio e a desfragmentação não ajudar, pode ser que você precise tomar algumas decisões mais sérias. Antes de começar, recomendamos fazer um backup porque a sugestão a seguir implica eliminar coisas desnecessárias do disco rígido.

Feita a cópia de segurança, remova do sistema aplicativos que não utiliza mais. Depois, procure por arquivos duplicados; não se espante se encontra várias cópias de uma mesma música MP3 ou de fotos digitais – elas se proliferam feito praga. A seguir, verifique se não existem arquivos que, por sua natureza, podem ser armazenados em mídias portáteis – como DVDs ou CDs. Nesta categoria estão os dados que são bem pouco acessados.

Se mesmo assim ainda faltar espaço para o que realmente é importante, a solução se dará pela compra de um novo HD (externo ou não) com mais capacidade para substituir ou complementar o que o usuário já tem. Uma saída econômica é montar um HD externo, na base do faça você mesmo.

Fuja de novos aplicativos
O software de computador parece ir de encontro à Lei de Moore: enquanto o hardware se torna mais rápido, os aplicativos se tornam mais lentos.

Em determinada ocasião, durante conferência com desenvolvedores, Bill Gates aconselhou os a desenvolverem aplicativos para os PCs mais poderosos que existiam porque elas estariam adequadas aos computadores comumente usados quando o software chegasse ao mercado.

Tendo isso em mente, saiba que se você permanentemente atualiza os aplicativos que se tem instalados em seu PC, saiba que eles irão sofrer para conseguir executá-los.

Cheque a segurança
Você pode dispensar a atualização do Office ou mesmo do Photoshop. Mas é necessário manter os aplicativos de segurança permanentemente atualizados para evitar riscos desnecessários.

Algumas das soluções integradas de segurança, como a da Norton e da McAfee, utilizam muitos recursos do PC e ampliam a exigência a cada nova atualização.

Tais ferramentas podem mesmo tornar tudo muito lento, principalmente PCs mais antigos. Se for possível, considere adotar ferramentas mais leves (algumas até gratuitas).

Evite carga desnecessária de aplicativos
Os programas se segurança podem não ser os únicos responsáveis pelo mau desempenho do computador. Entretanto, tais ferramentas deveriam ser as únicas ferramentas a serem carregadas durante a inicialização do PC.

Muitos aplicativos que são instalados no computador inserem partes deles mesmos na lista de inicialização do Windows e isso tende a tornar o PC mais lento. Verifique o que está sendo carregado no momento do boot e elimine todo processo desnecessário.

O sistema pode estar infectado
Alguns tipos de malware prejudicam o desempenho do sistema. Para saber se este é o seu caso, primeiro faça a atualização da ferramenta de segurança. Pode ser necessário rodá-la a partir do disco de emergência.

Uma vez atualizada, fazer uma varredura completa para verificar e eliminar qualquer praga que possa existir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s