Dê boot a partir do pendrive

Instalar o sistema operacional em um pendrive e a partir dele iniciar seu computador é um recurso muito útil, principalmente para administradores de rede que, vez ou outra, precisam fazer um backup de emergência, ou para usuários preocupados com a possibilidade de perda de dados.

A idéia é muito parecida com o que é oferecido por algumas distribuições Linux, que já vem no formato de pendrive ou em Live CDs. Mas vamos mostrar como utilizar dessa forma o Windows XP (para o Linux as instruções são as mesmas) e o Windows Vista. Além de alguns aplicativos que também podem ser levados no bolso.

Pré-requisitos
Antes de começar é importante saber o que será preciso para iniciar o processo. Além do pendrive, que deve ter no mínimo 2 gigabytes (GB) de capacidade e estar completamente vazio (para quem for instalar o Vista, recomenda-se no mínimo 4GB de espaço no dispositivo flash), o disco de instalação original do sistema operacional a ser utilizado e baixar alguns softwares para ajudar na tarefa.

Outro detalhe importante é verificar na BIOS do seu computador (ao ligar a máquina, pressione Del ou F2 para acessar a configuração do PC) se existe a opção de boot através do dispositivo USB. Se não houver, então sua máquina não suportará esse tipo de tarefa.

Windows XP
Para começar, baixe o freeware Bart PE Builder, que é um dos responsáveis pelo processo de criação dos arquivos bootáveis. Para facilitar, durante a instalação, observe a opção de gerar de um ícone do programa no desktop. Dê duplo clique para rodar o programa.

Certifique-se de que o disco do Windows XP esteja no drive óptico. Na tela do Bart PE Builder, indique o caminho do drive onde está o sistema operacional no campo Source: (path to Windows installation files). Exemplo: D:.

Marque a opção Create ISO Image e coloque, logo abaixo, o caminho e o nome para salvar o arquivo gerado. Clique no botão Build para começar o processo. Isso pode demorar alguns minutos.

O arquivo ISO gerado contém os componentes mínimos necessários do Windows XP, algumas ferramentas de reparo e fica em torno de 150 megabytes (MB).

PE Builder - Tela

As imagens ISO são usadas para gravar CDs ou DVDs. Para gravar os arquivos no pendrive e, para que este desempenhe a função de boot, você terá de baixar outro programa, o FlashBoot.

Após baixar e instalar o software, dê duplo clique no ícone correspondente para rodar o FlashBoot. Na tela inicial, clique em Next. O próximo passo é escolher o tipo de disco a ser criado. Use a primeira opção, Convert BartPE Bootable Disk to Flash Disk. Clique no botão Next novamente.

Nesse momento, você terá de indicar a localização do arquivo ISO que foi criado no primeiro passo. Clique em Browse para esta operação.

Ao localizar o arquivo, conecte o pendrive em alguma porta USB do computador. Feito isso, clique em Next e escolha a unidade (Drive Letter) correspondente ao dispositivo USB e marque a opção Make Bootable USB Flash Disk Which is Physically Present on This PC. Pressione Next.

Escolha a opção de particionamento USB-HDD e clique em Finish. Aí é só esperar que a cópia seja feita e que não ocorra nenhum erro de gravação.

FlashBoot - tela

Ao iniciar o sistema  usando o pendrive, aparecerá a mensagem “Starting BartPE”. O processo é lento e é preciso ter paciência.

Após carregá-lo, uma versão enxuta do Windows XP estará disponível para uso. Se o computador estiver conectado a uma rede, basta configurar o TCP/IP. O menu Go, que aparece no canto inferior esquerdo, é semelhante ao menu Iniciar do Windows e oferece o caminho para todos os utilitários instalados.

Windows Vista
Usar o pendrive para dar boot com o Vista é mais simples e rápido que com o XP. Para começar abra o prompt de comando do sistema, na função executar localizada no menu Iniciar. Digite cmd e dê Enter.

executar_vista.jpg

Isso abrirá a janela de comando, onde você deverá digitar: diskpart. Dê Enter. A seguir, digite o comando list disk. Este comando lhe informará os discos presentes no sistema. Através desta informação, identifica-se o disco alvo (pendrive) para o particionamento/formatação.

diskpart_vista.jpg

Atenção: cuidado para não particionar/formatar o disco errado. Na janela pode-se ver o resultado do comando e em destaque o pendrive de 1GB (usado no exemplo), identificado pelo DiskPart como sendo o “Disk 3”.

diskpart_formatar_list-disk.jpg

Em seguida, aplique o seguinte comando: select disk 3 (nesse caso é o “disk 3”, mas use o número relativo a seu dispositivo flash, como exemplificado no procedimento anterior). Após isso, aplique os comandos a seguir, na ordem que estão. E dê Enter após digitar cada um deles:

•    clean
•    create partition primary
•    select partition 1
•    active
•    format fs=fat32
•    assign
•    exit

Como resultado deste procedimento, seu pendrive está pronto para receber os arquivos do Vista, provenientes do DVD de instalação. Habilite a visualização de arquivos do sistema no Windows Explorer (tecle Windows + E) e copie todo o conteúdo do DVD para dentro do dispositivo flash, mantendo a estrutura original de arquivos.

Na imagem a seguir estão todos os arquivos que devem ser copiados. Verifique se todos foram passados para o pendrive. Após realizar esse processo, seu dispositivo USB estará pronto para iniciar com o Windows Vista.

arquivos_vista_boot.jpg

Aplicativos no pen drive
A lista dos aplicativos portáteis é longa. Clientes de e-mail, browsers, pacotes de escritório, mensageiros, dicionários, editores de imagens, agenda, utilitários multimídia e assim por diante. Quase tudo que você usa no seu computador de casa, hoje, pode ser usado em forma portátil, sem necessidade de instalar nada, independentemente do computador que você use. Você roda o software a partir do próprio pen drive, que também contém seus documentos e arquivos.

Um dos mais conhecidos é o Portable Apps, que reúne os principais programas de código aberto, em formato portátil para acesso a partir de dispositivos flash.

Entre os principais aplicativos da suíte, estão o navegador Firefox, o antivírus ClaimWin, o Gaim (mensageiro que conecta a servidor do MSN, Yahoo, AOL, etc.), Open Office completo (textos, planilha, cálculo, apresentações), Thunderbird como cliente de e-mail e o calendário Sunbird, além do joguinho Sudoku.

portable_apps.jpg

O download tem apenas 90MB e, para usar todos os aplicativos, é preciso um pendrive de no mínimo 512MB. Mas se você quer apenas um aplicativo office e que seja compatível com o Microsoft Office, então o OpenOffice é ideal.

Já para quem quer um leitor PDF, recomendamos o Sumatra. Para atividades multimídia, o editor de áudio Audacity também tem sua versão portátil, assim como o editor de imagens Gimp (ambos com versões para Mac e PC). Na wikipedia existe uma imensa lista com todos os aplicativos portáteis disponíveis.

gimp_580.jpg

Tela do GIMP

Fonte: PCWorld

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s