Em fim se deu inicio a nova era: Chegou Viridis o 1º Super Computador “Servidor” baseado em ARM

A muitos anos a tecnologia ARM vem crescendo junto as plataformas moveis, como Smartfones, iPhone, Tablets, iPad entre outros.

Porém a guerra entre ARM e x86 já vem de longa data, e o golpe mais forte na tecnologia arcaica da x86 que domina o mercado dos PCs foi dado com o Viridis o 1º servidor com processadores ARM.

Após o anúncio da chegada dos processadores ARM ao mercado dos servidores de baixo consumo com a nova arquitetura ARMv8 a 64 bits, junto com o anuncio dos processadores X-Gene da AppliedMicro e EnergyCore da Calxeda. Sabia-se que mais cedo ou mais tarde daria início um novo e interessante capítulo na história dos microprocessadores, mas aparentemente a história começa a ser escrita antes do esperado com o anúncio do novo super-computador Viridis.

EnergyCoreEnergyCore

O Viridis será um super-computador desenvolvido pela Boston, fornecedora de soluções de servidor e de computação de alto desempenho, o qual consistirá de racks no formato 2U com até 48 chips EnergyCore, processadores quad-core desenvolvidos pela Calxeda,  e baseados na arquitetura ARMv7 (32 bits), que de acordo com a Boston, isso permitirá ter a capacidade de 900 servidores por rack no formato padrão 42U, oferecendo 10 vezes o desempenho por watt em comparação com outros processadores atuais.

Com o Viridis, a Boston espera literalmente, colocar a tremer o mercado de servidores de ultra-baixo consumo de energia, ao proporcionar o poder de cálculo de um data Center completo, mas com um consumo comparável ao dos dispositivos portáteis, enquanto economiza muito espaço e custos operacionais. A Boston afirma que atualmente não existe opções para consumo ultra-baixo baseados em x86, e este é um recurso que é muito solicitado por seus clientes, e que graças aos chips EnergyCore da Calxeda podem oferecer o desempenho de um servidor em um único chip com um consumo máximo de 5W.

Ainda não se sabe quando estará disponível o Viridis, a Boston diz que em breve o colocará a disposição de seus parceiros interessados, dando-lhes acesso à sua tecnologia para permitir testes, benchmarks, e dar suporte para a otimização do código. Sem dúvida a era ARM chegou para os servidores, mas os fabricantes de chips como a Intel, embora se mostrem tranqüilos, aprontam novos chips que visam desafiar a ARM como o anunciado Centerton, o chip Atom da Intel para servidores.

Relacionados:

A batalha começou processadores com arquitetura x86 vs. ARM, quem vai ganhar?

10 comentários sobre “Em fim se deu inicio a nova era: Chegou Viridis o 1º Super Computador “Servidor” baseado em ARM

  1. Pingback: Até 2019 Microsoft e Intel podem abrir falência! Culpa dos ARM « W and D
  2. Pingback: A5X do iPAD 3 com ARM QUAD-CORE sendo 2 GPUs e 2 núcleos de processador vs. Tegra 3 da NVIDIA com ARM QUAD-CORE façam suas apostas « W and D
  3. Pingback: 6º Feira da TI Tecnologias da Informação: Dos 500 Super Computadores do Mundo 470 rodam Linux. E dentre os 10 primeiros o 1º, 2º, 4º e o 5º estão na Asia « W and D
  4. Pingback: 6º Feira da TI Tecnologia da Informação: Você sabe quanto vale um Googolbyte? Algo equivaleria a todos os átomos contidos na Via Láctea « W and D
  5. Pingback: Extra dicas de Tecnologia: Aprenda a compre sua tela para notebook com segurança « W and D
  6. Pingback: Especial Windows 8: Os 15 melhores aplicativos para o Windows 8 « W and D
  7. Pingback: Especial Windows: Conheça os novos atalhos de teclado do Windows 8 « W and D
  8. Pingback: AMD quer processador x86 com ARM dentro « W and D
  9. Pingback: Socket para Intel 2013 / 2014 e AMD Phenom IV X12 de 12 núcleos | W O D Consultoria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s